sexta-feira, 16 de julho de 2010

Guia-me sempre, meu Senhor.


Guia-me sempre, meu Senhor.

(Esse artigo faz parte da série Salmos, hinos e cânticos espirituais. Nessa série apresentamos a letra de músicas clássicas em nossas igrejas. Entre as estrofes da canção serão inseridas palavras de ânimo e citações bíblicas, visando a edificação espiritual do leitor, com base nos textos de Colossenses 3. 16 e 17; e Efésios 5. 18 a 21. Ainda apresentaremos um vídeo ou áudio da canção no final do artigo.)





Aonde guiar-me, meu Senhor
Eu seguirei por seu amor
É sua mão que me conduz
Por mim ferida sobre a cruz.

{Jesus afirmou ser o bom pastor que dá a vida por suas ovelhas (João 10. 11), no mesmo contexto Ele disse que as suas ovelhas conhecem a Sua voz (João 10. 14 e 16). O ser humano liberto do pecado conhece a voz do seu bom pastor! As ovelhas do seu rebanho caminham em direção às moradas celestes, guiadas pelo homem das mãos furadas.}

Guia-me sempre, meu Senhor
Guia meus passos, Salvador
Tu me comprastes sobre a cruz
Rege-me em tudo, meu Jesus.

Acho prazer em te servir
Descanso e paz me faz sentir
Doce é a mim o teu querer
Gozo me traz te obedecer

{Infelizmente para muitas pessoas o cristianismo se torna um fardo pesado, algumas chegam a afirmar que é muito difícil seguir ao Senhor. Jesus realmente nunca prometeu que o caminho para o céu seria uma auto-estrada modernamente pavimentada, na verdade existem muitas pedras no caminho. No entanto, foi Jesus quem retirou o pesado fardo do pecado de nossas almas cansadas e oprimidas (Mateus 11. 28 a 30). Sigamos então com prazer e alegria o libertador de nossas almas. Tenhamos prazer em obedecer tão maravilhosos mandamentos, e servir a esse Senhor tão misericordioso.}


Sigo sem medo, meu Senhor
Que me encheu do seu amor
Sentindo perto a sua mão
Posso cantar na escuridão

{Jesus prometeu estar conosco em todos os momentos (Mateus 28.20). Mesmo nos momentos da maior escuridão, onde não enxergamos um palmo diante de nossos olhos, basta chamar o Seu nome para sentir a Sua presença. Por causa dessa confortante presença temos coragem diante dos males dessa vida. Mesmo as sombras da morte não são capazes de nos atormentar por muito tempo, sigamos em frente louvando ao bom pastor (Salmo 23. 4)}


Para seu reino me conduz,
Pelo jardim e pela cruz
Lá ficou morto o "velho eu"
Lá meu espírito reviveu

{No jardim do Getsêmani o Senhor Jesus passou momentos de angústia devido à proximidade da crucificação. Naquele lugar Ele renunciou aos seus desejos e aceitou o plano divino para a sua vida: a cruz! Hoje, nós que seguimos ao Cristo que venceu na cruz o império da morte, devemos também nos render ao plano divino, tomar a nossa cruz (Marcos 8. 34), e seguir caminhando em direção às moradas eternas. Somos novas criaturas em Cristo Jesus (2 Coríntios 5.17), vivamos como tal nesse mundo até o dia em que entraremos na Nova Jerusalém, em uma grande comitiva guiada pelo Cordeiro Eterno.}






0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.