quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Em quais mãos você vai depositar o seu 2011?

Eis que surge um novo ano!
Como de costume, promessas e planos são estabelecidos para os próximos 365 dias. Em poucos dias algumas curiosidades de 2010 serão divulgadas: “PIB de 2010 ficou em ____”; “FIFA elegeu ____ como o melhor jogador do ano”; “Em 2010 eu ganhei ____ almas para Jesus”.
Esses são apenas alguns exemplos da necessidade que possuímos de contar o tempo, para organizar os eventos em uma ordem prática e racional.
Durante a história, foram criadas várias formas de se contabilizar os dias. Eu prometo que no final de 2011, caso Deus permita, eu falarei sobre o calendário maia, agora vejamos uma mudança de calendário que aconteceu na bíblia.
Os hebreus usavam um calendário que começava no mês de Etanim (setembro/outubro). Provavelmente esse calendário era usado pelas demais nações da época. Após o Êxodo do povo hebreu do Egito, e a instituição da páscoa, Israel passou a ter um calendário religioso, cujo primeiro mês é Abide ou Nisã (março/abril), calendário observado até hoje pelo povo Judeu.

A partir daquela data, Israel passou a comemorar o aniversário da transformação de um povo escravo em uma grande nação. Todo início de ano seria uma recordação da bondade e do poder de Deus para com Israel.
Muitos séculos depois, Jesus morreria no calvário durante o mesmo período pascal, para ser o sacrifício perfeito e definitivo pela humanidade.
Dada a importância do surgimento do messias, um novo calendário foi organizado, buscando ter o ano do nascimento de Jesus como ano zero. Essa contagem deu origem ao calendário Gregoriano que usamos atualmente. Hoje é notório que houve um erro de aproximadamente quatro anos nessa contagem. Jesus provavelmente nasceu em 4 AD, portanto, estaríamos começando o ano 2015.
Erros à parte, o nascimento de Jesus mudou a história da humanidade. Estamos entrando no ano 2011 DC (depois de Cristo). Mesmo os países orientais que usam outros calendários, compartilham de nossa contagem de dias.
Recapitulando: O calendário religioso Hebreu lembra a liberdade de um povo cativo e escravo. O calendário cristão lembra o nascimento de Jesus, aquele que veio resgatar TODA A HUMANIDADE do cativeiro do pecado e da condenação ao inferno.
Conclusão: Quando Deus intervém na história humana, a mudança é sempre para melhor!
Pergunta aos leitores: Tendo tudo isso em mente, a quem você confiará o seu futuro nesse novo ano e nos vindouros?
Aos astrólogos? Que dizem ver o seu futuro nas estrelas?
Aos adivinhadores? Que tentam te fazer crer em um futuro narrado em suas mãos?
Aos falsos guias espirituais? Que pedem sacrifícios ordinários, quando o maior sacrifício já foi feito por você.
Talvez à sua própria capacidade? Ignorando e desprezando o grande amor e cuidado de Deus por você.
Entregue nas mãos de Deus, não somente 2011, mas o cuidado de sua vida pela eternidade. O meu AC/DC (antes de Cristo e depois de Cristo) aconteceu em Abril de 2003, ali Jesus mudou a minha história. Quem sabe esse início de ano mude a história de sua eternidade?
“Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele tudo fará” (Salmo 37. 5).
“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Coríntios 5. 17).
Feliz ano novo! Que Deus abençoe a todos os nossos leitores em 2011!

Visite meu perfil no Facebook

Meu twitter: @alexfabio_c





0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.