terça-feira, 26 de abril de 2011

Sempre há uma mensagem - O Evangelho segundo o Twitter.

Eu sempre digo que todas as ocasiões geram uma oportunidade de se pregar o evangelho. Os artigos da série “Sempre há uma mensagem” ilustram com bom humor essa minha teoria.

A mensagem desse vídeo é clara e não precisa de palavras adicionais. Somos chamados para seguir a Jesus e divulgar a sua mensagem de salvação.



Esse evangelho segundo o twitter me fez refletir no modo como nós, a igreja de cristo, temos usufruído da tecnologia de nossos dias.


Em primeira instância: Será que estamos usando a internet com sabedoria? Ou estamos sendo vítimas do vício tecnológico?

Quantas vezes você já sentou diante do seu computador apenas para conferir os e-mails, e ficou por horas no MSN, Orkut, Faceboock, Twitter, You Tube, ou outros sites semelhantes? Eu sou um entusiasta da internet e tenho perfis em várias redes sociais. Porém, reconheço a necessidade de remir o meu tempo.

E o conteúdo? Será que não estamos colocando coisas más diante de nossos olhos? A variedade de materiais impróprios é enorme e tentadora! Que o Senhor nos guarde desse mal.

Segunda questão: Que conteúdo temos produzido para os nossos sites e blogs “gospel”?

Infelizmente nós temos visto uma verdadeira guerra instaurada no segmento cristão na internet. As pessoas usam esse tão precioso espaço para ofensas, acusações, chacotas, e outras atitudes que envergonham o Reino. Deixamos as nossas diferenças ofuscarem a unidade do corpo de Cristo na terra!

Eu me fiz algumas perguntas quando iniciei esse artigo: Jesus seria um leitor do seu blog? Ele curtiria o conteúdo do seu site? Ele te seguiria no Twitter? Ou ficaria envergonhado?

Sejamos fiéis ao Senhor na grande rede mundial. O “ide” imperativo de Jesus também vale para a internet. Sejamos o sal da terra e a luz do mundo virtual também.

Nossos contatos:




0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.