domingo, 10 de julho de 2011

As bem-aventuranças – Os pobres de espírito.

Confira todos os artigos da Série “As bem-aventuranças”: Introdução.

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus” (Mateus 5. 3).

A maior mensagem registrada do Senhor Jesus abre as portas do Reino de Deus aos seus ouvintes. Nesse momento precisamos descobrir o que significa ser “pobre, ou humilde de espírito”.

O humilde de espírito reconhece a sua condição de pecador e anseia por alguém que possa livrá-lo. Ele concede a Deus um lugar privilegiado em sua vida. Veja essa citação do profeta Isaias: “Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade e cujo nome é Santo: Em um alto e santo lugar habito e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e para vivificar o coração dos contritos” (57. 15). “Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus” (Salmo 51. 17).

O pobre de espírito decide deixar de guiar a sua vida baseado em desejos ambiciosos e mesquinhos, que conduzem por um caminho de morte. E passa a ser conduzido pelos ensinamentos da palavra de Deus, que levam ao Reino de vida abundante. Essas pessoas se tornam bem-aventurados por que rejeitam o orgulho e a falsa ideia de autossuficiência e permitem que Deus faça morada em seu coração.

“Pobreza de espírito” não está ligada a condição financeira. Existem pessoas com baixo poder aquisitivo que possuem um coração de pedra para o evangelho. A bíblia nos dá exemplos de homens poderosos que reconheceram a necessidade de um encontro com Deus.

Zaqueu o publicano: Mesmo todos os bens adquiridos com negócios ilícitos não proporcionavam a paz de espírito desejada. No dia em que Jesus passava por sua cidade, ele decidiu fazer de tudo para ver o bom mestre. Bastaram poucos momentos com Jesus para ele reconhecer a necessidade de livrar-se das suas más obras. O resultado dessa atitude está registrado em Lucas 19. 9 e 10.

O centurião de Carfanaum: Mesmo sendo um homem rico e influente, este militar soube reconhecer a autoridade espiritual de Jesus. Humildemente ele demonstrou ser pobre de espírito diante de uma necessidade espiritual. Jesus elogiou a fé desse estrangeiro (Lucas 7. 9).

A mensagem do sermão do monte já começou com a maior das advertências: “Você deseja alcançar o Reino de Deus? Então reconheça os seus pecados e busque com toda a sua alma o perdão divino, somente assim você terá uma vida feliz”.

Existe algum conselho bíblico para se alcançar essa virtude? Claro que sim! Confira um exemplo em Tiago 4. 7 a 10:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai o coração. Senti as vossas misérias, e lamentai, e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo, em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará”.

Converter o riso em pranto? O gozo em tristeza? Como assim? Essa questão será respondida no próximo artigo. Até lá medite nessa consequência da soberba de espírito:

“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. Melhor é ser humilde de espírito com os mansos do que repartir o despojo com os soberbos” (Provérbios 16. 18 e 19).


Nos ajudem a crescer com os seus comentários.

Nossos contatos:




9 comentários:

Benilda Lopes Rocha disse...

Graças a DEus, muito me edificou essa reflexão, vou continuar lendo as demais. É isso que quero ser, é isso que quero pra minha vida, Amém meu Jesus, te amo!!

Benilda Lopes Rocha disse...

Ah, como faço para ver os outros artigos da série " As Bem- aventuranças"?

gil germano disse...

MARAVILHA DE ENSINO. DEUS CONCEDA MAIS E MAIS D SEU AMOR

edgar correa disse...

GOSTO MUITO DAS MENSAGENS DESSE BLOG E RECOMENDO A TODOS, É A NOSSA BÍBLIA VIRTUAL.

Anônimo disse...

Louvado seja o Senhor que dá sabedoria aos seus. Grato por este artigo.

Selmo Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Selmo Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Errado. Pobre de espírito significa que somente um único espírito deve habitar o corpo de uma pessoa, o espírito santo de Deus. Os demais espíritos malignos devem ser retirados através da oração.Assim é o homem: carne, alma e espírito. Então, bem aventurados os pobres de espírito.

Unknown disse...

#BÊNÇÃO #palavras Abençoadas

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.