quarta-feira, 13 de julho de 2011

As bem-aventuranças – Os que choram.

Confira todos os artigos da Série “As bem-aventuranças”: Introdução, Os pobres de espírito.

“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados” (Mateus 5. 4).

No último artigo, ao mostrar uma forma bíblica de buscar a humildade de espírito, eu fiquei devendo a explicação de alguns elementos da citação de Tiago 4. 7 a 10: “...converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo, em tristeza”. O apóstolo está dizendo que devemos viver tristes e carrancudos? O próprio Jesus disse que os que choram seriam bem-aventurados. Afinal, que tipo de choro é esse?


Esse choro está intimamente ligado à pobreza de espírito. A pessoa reconhece a sua condição de pecador e se torna sensível às consequências de seus atos. Todos os dias servem de cenário na batalha do seu espírito vivificado contra a sua carne viciada no pecado. O riso ou gozo proporcionado por momentos curtos de pecado logo se tornam amargura no espírito e produz lágrimas de arrependimento.

O apóstolo Tiago está dizendo que devemos assumir os nossos pecados e buscar a Deus realmente arrependidos. O Senhor Jesus ensina que Deus contemplará as lágrimas e consolará a alma abatida. No entanto, esse ensinamento está longe de ser novo, vejamos alguns exemplos na antiga aliança:

“...e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra” ( Crônicas 7. 14 / Grifo nosso).

“O Espírito do Senhor JEOVÁ está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos; a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes; a ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê ornamento por cinza, óleo de gozo por tristeza, veste de louvor por espírito angustiado, a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do SENHOR, para que ele seja glorificado” (Isaias 61 . 1 a 3 / Grifo nosso).

Deus sempre está disposto a consolar o espírito abatido pelo mal causado pelo pecado, o meu pastor gosta de dizer que Deus possui um lenço especial para enxugar todas as lágrimas.

Agora vou precisar da ajuda de uma mulher muito conhecida para encerrar esse artigo. Meus queridos leitores, eu quero lhes apresentar, a pecadora eu ungiu os pés de Jesus:

“E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento. E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-los com os cabelos da sua cabeça e beijava-lhe os pés, e ungia-los com o unguento” (Lucas 7. 37 e 38).

A atitude dessa mulher causou estranheza e comentários maldosos. No entanto, o seu gesto nos ensina como um pecador deve se aproximar de Deus em busca de perdão.

Seu lar está desmoronando? Chore aos pés Dele;

Está sofrendo injustiça? Esqueça a vingança e deixe a sua causa aos ´p´s do Senhor;

Caiu? Sente-se incapaz de levantar? Arraste-se até a orla das vestes de Jesus, Ele te colocará de pé!

“Exaltar-te-ei, ó SENHOR, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim. SENHOR, meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste. SENHOR, fizeste subir a minha alma da sepultura; conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo. Cantai ao SENHOR, vós que sois seus santos, e celebrai a memória da sua santidade. Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” “Salmo 30. 1 a 5).

Nos ajudem a crescer com os seus comentários.

Nossos contatos:




0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.