sexta-feira, 7 de outubro de 2011

A luz da tempestade é a mão de Deus.

Olá queridos leitores do blog Sementes do Evangelho. Nesse artigo eu quero falar sobre a... a.... A... ATCHOOOOOOOOOO!

Desculpe, eu acho que acabei pegando um resfriado depois do banho de chuva que tomei ao vir trabalhar.

Lá estava eu, todo serelepe, caminhando feliz e contente em direção á rodoviária de Cassilândia MS, ávido por desempenhar o meu importante papel nessa indústria vital do transporte de passageiros. Subtamente, nuvens negras cobriram o céu azul. Os pássaros começaram a procurar refúgios em seus ninhos, as mães colocaram os filhos para dentro, e eu fiquei sozinho no meio da tempestade.


Por instinto, eu saquei do guarda-chuva que havia deixado na minha pasta. Não havia um único lugar para eu me abrigar, mas aquela chuva não me venceria sem luta!

Ela deu o primeiro golpe, uma investida de vento e água gelada que fez o meu guarda-chuva encurvar-se diante da fúria dos elementos. Bravamente, passo após passo, eu estava alcançando o meu destino. Quando a natureza resolveu enviar a sua segunda investida.

O golpe foi forte e certeiro! Algumas das “pernas”  do meu guarda-chuva cederam á violência. O dano não era fatal, mas necessitava algum tempo para arrumar, tempo que eu não tinha. Desarmado e desprotegido eu busquei refúgio debaixo de um toldo de um comércio fechado. Eu sabia que essa proteção não bastaria, e que logo estaria encharcado.

Eu havia perdido.

A chuva me obrigaria a voltar derrotado e envergonhado para o meu lar, para poder trocar de roupa. E, para não chegar mais atrasado para o serviço, eu teria que recorrer a um taxi.

Os pensamentos de derrota se multiplicaram debaixo daquele toldo. SE eu tivesse levado uma capa. SE eu tivesse um guarda-chuva de um “calibre” maior. Talvez eu pudesse ter vencido esse desafio.

O barulho do vento me trouxe de volta à realidade. Se eu fosse cair, seria de cabeça erguida! Todavia, para a minha surpresa, o vento estava empurrando a chuva em outra direção, me salvando de ficar encharcado. Quando eu finalmente ousei encarar o meu algoz, havia um novo elemento nas nuvens.

Um arco-íris!

Eu sabia o que ele significava no mundo físico, os raios de sol estavam ultrapassando as nuvens e aquele arco era o reflexo do espectro da luz nas gotas de chuva. Esse conhecimento não me impediu de glorificar a Deus pelo pequeno milagre em minha vida.

Eu havia me molhado, o guarda-chuva precisava de reparos, mas eu cheguei a tempo aqui na rodoviária. Aquele belo arco-íris me lembrou que, mesmo a mais densa treva, tem que ceder diante do poder da luz.

Os apóstolos viveram uma experiência semelhante, em uma escala bem maior (Marcos 6. 45 a 51). O barco em que eles navegavam estava á deriva no meio de uma tempestade. Mesmo com a presença de alguns pescadores experientes, a fúria da natureza já havia consumido todos os seus recursos.

Eles já estavam desistindo quando Jesus surgiu sobre as ondas, acalmou o ânimo perturbado dos discípulos, e com uma ordem Ele acalmou aquela tempestade.

Talvez você também esteja vivendo dias tempestuosos. Todas as suas forças já se esgotaram e tudo parece cooperar para a sua derrocada. Lembre-se que Deus está te vendo, que Ele tem todo o poder para intervir em sua existência.

Mesmo nas mais densas trevas Deus nos mostra a sua graça, portanto, não se confunda. Os discípulos pensaram que Jesus era um fantasma, eu quase racionalizei demais o sinal de Deus no Céu, o que resultaria na não existência desse artigo.

Deus está te estendendo uma mão, seja humilde o suficiente para reconhecer a sua fraqueza e a pegue. Segure firme, e se possível, não solte mais.



Segura na mão de Deus

Se as águas do mar da vida quiserem te afogar,
Segura na mão de Deus e vai
Se as tristezas desta vida quiserem te sufocar,
Segura na mão de Deus e vai
Segura na mão de Deus, segura na mão de Deus
pois Ela, Ela te sustentará.
Não temas,segue adiante não olhes para trás.
Segura na mão de Deus e vai

Se a jornada é pesada e sustenta a caminhada
segura na mão de Deus e vai
Segura na mão de Deus e vai
Orando, jejuando,confiando e confessando.
Segura na mão de Deus e vai

O Espírito do Senhor sempre te revestirá
Segura na mão de Deus e vai
Jesus Cristo prometeu que jamais te deixará
segura na mão de Deus e vai

Nos ajudem a crescer com os seus comentários.

Nossos contatos:




0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.