terça-feira, 22 de novembro de 2011

Milagres de Deus.

Por Daniel Dourado
“Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!” (Romanos 11. 24).

Muitas vezes quando lemos este capitulo de romanos em seus versículos 16 e 24, não damos a importância que ele merece, e às vezes não vemos o quão maravilhoso Deus se mostra para conosco nesta passagem.

Paulo começa a partir do capitulo nove desta epistola aos cristãos de Roma a falar sobre a escolha de Israel, e como Deus tem algo particular e maravilhoso para com essa nação.

Quando vemos esse capitulo onze, o apóstolo começa a falar sobre a concessão feita a nós gentios, ao vermos o versículo 24 onde diz: “Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro”, essa expressão “natural zambujeiro” ou “oliveira brava” diz respeito à nossa natureza sem Deus. O zambujeiro não produz bons frutos, pelo contrario, produz frutos de péssima qualidade.


Mas Paulo prossegue esse versículo dizendo: “contra a natureza, enxertado na boa oliveira.” Isso demonstra outra maravilha de Deus para conosco. Se formos analisar o processo de enxertia, uma técnica que consiste em enxertar a parte aérea de uma planta que produz frutos de boa qualidade em uma planta que possui um forte sistema radicular, resistente a pragas e doenças de solos, vemos que Deus opera maravilhosamente para conosco. Deus opera de forma contraria colocando o zambujeiro, nós, na boa oliveira. Nenhum agricultor faria esse procedimento, de enxertar algo de natureza ruim em uma boa árvore. Perceba então o grande milagre de Deus ao mudar a nossa natureza.

Sim nós somos milagres de Deus. Agora enxertados na Oliveira Verdadeira somos capazes de produzir bons frutos, como diz no versículo 16: “se a raiz é santa, também os ramos o são”.

Por isso, nunca permita que digam ao contrario, pois Deus te ama, e você é um milagre de Deus, “Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor” (Efésios 1. 14).

No demais se lembre de que Deus nos chamou para “fazer obras dignas de arrependimento” (Atos dos apóstolos  26:20). Portanto reflitamos acerca do que temos feito para Deus, dos nossos procedimentos em relação ao reino, tendo em mente que Deus nos deu a capacidade de sermos melhores, pois Ele opera em nós através do Santo Espirito que em nós habita. “E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis” (Romanos 8. 11 a 13).

Somos mais do que vencedores em Cristo Jesus, portanto vivamos como tais, não dando ocasião à carne e vencendo pelo Espirito, de fé em fé.

Na fé e em Cristo.


Daniel Dourado é diácono da Assembleia de Deus em São José do Rio Preto e engenheiro agrônomo.
e-mail: agronomo_dourado@hotmail.com
Facebook


0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.