terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Deus é o guarda fiel de seu povo.

Por Daniel Dourado.

Há textos na Bíblia que falam muito por si só, um desses textos é o Salmo 121. Um texto maravilhoso que trata da proteção de Deus para com o seu povo. Eu resolvi aborda este salmo por que ele tem falado muito comigo nos últimos tempos. Eu creio que todos que leem este salmo com atenção ouvem a voz de Deus encorajando a prosseguir, pois é Ele que nos guarda de todo mal.

Analisando este salmo com calma, podemos visualizar três dos principais atributos de Deus, podemos dividir este salmo da seguinte maneira: Nos versículos 1 e 2 o Deus onipotente, nos versículos 3,4 e 5 o Deus onipresente e nos versículos 6, 7 e 8 o Deus onisciente.

“Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra” (Salmo 121. 1 e 2). Estes dois versículos demonstram o Deus onipotente, aquele que pode nos socorrer, que tem poder para mudar a situação das nossas vidas, “Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê” (Hebreus 11. 3). Se Deus é poderoso para criar o mundo, qual área ou situação que Ele não pode reverter na minha e na sua vida?

Estes dois versículos nos dão a ideia de que o salmista se encontrava em um vale, em um momento de aperto, cercado por montes, pode ser a situação pela qual você esta passando agora. Você se sente cercado por problemas, dificuldades, o que também podemos chamar de montes, ou seja, não há muito que você possa fazer por si mesmo, a não ser aquilo que o salmista e o próprio Deus o convidam a fazer: “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes” (Jeremias 33. 3). Olhe para mim, busque a minha face, eu estou aqui para te ajudar eu posso trazer à existência aquilo que não existe (Romanos 4. 17b).

Já nos versículos de 3 a 5, nós vemos o Deus onipresente, “Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita”. Esses versículos tratam da presença constante de Deus nas nossas vidas, de como ele nos guarda e esta sempre ao nosso lado, para nos conduzir para os seus propósitos.

A presença de Deus é o que no dá a direção para chegarmos aos objetivos propostos, e sem a presença de Deus não adianta darmos um passo, por que desta forma estaríamos nos condenando ao erro. Quando olhamos para a Bíblia em Êxodo 33 a partir do versículo 12, vemos um dialogo entre Moises e Deus, Moises argumenta pedindo para que Deus mostre o seu caminho para ele: “Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo”. Muitas vezes queremos as coisas mascadas, saber detalhadamente o que vai acontecer conosco, mas Deus não age dessa forma. A palavra de Deus é clara quando nos diz que o “o justo vivera pela fé” (Habacuque 2. 4). O que é importante para nós, e o que era importante para Moises e o povo que saia do Egito em direção à terra prometida, é que a presença de Deus esteja conosco. É isso que Deus oferece a Moises e a nós (Êxodo 33. 14 a 17 e Mateus 28. 20).

Já nos versículos de 6 a 8, o salmista fala da onisciência de Deus. O Salmo 139 também fala sobre a onisciência de Deus: “SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão” (Salmo 139. 1 a 5).

Deus conhece muito bem os caminhos pelo qual teremos que trilhar para alcançar o proposito que Ele projetou para nossas vidas, o mais importante é saber que Ele guarda a nossa entrada, a nossa saída. Quando permitimos que Deus guie nossas vidas, por mais estranho que possa ser o que está acontecendo, sabemos que é a mão dEle a nos guiar. Às vezes nós estamos em um serviço e pensamos será que é isso mesmo? Ou cursando uma faculdade e temos duvidas sobre o nosso futuro naquela profissão. Eu falo por experiência própria, quando estava na faculdade pensava se era isso mesmo que eu queria para mim, hoje não exerço a profissão pela qual sou formado, no entanto, eu percebo os cuidados de Deus e como as experiências vividas naquele curso me ajudam hoje.  Não se preocupe, Deus guarda a sua entrada e a sua zaida desde agora e para todo sempre.
Na fé e em Cristo.

Daniel Dourado é diácono da Assembleia de Deus em São José do Rio Preto e engenheiro agrônomo.
e-mail: agronomo_dourado@hotmail.com
Facebook


4 comentários:

Isabela Ferreira disse...

Seu post foi benção pura!!
Obrigada!

izael fialho disse...

A nossa confiança é no Senhor Deus,pq sabemos que não existe o outro Deus maior só ELE sabe todas as coisas só ELE tem todo poder,burrice será do homem que não confiar em Deus

izael fialho disse...

A nossa confiança é no Senhor Deus,pq sabemos que não existe o outro Deus maior só ELE sabe todas as coisas só ELE tem todo poder,burrice será do homem que não confiar em Deus

Vera Lucia disse...

SIM TEMOS QUE CONFIAR SO´EM DEUS TODO PODEROSO ELE REALMENTE É ONISCIENTE ONIPRESENTE ONIPOTENTE VER TUDO ONDE ESTA NOSSO CORAÇÃO GRANDE BEIJO A VCS FIQUE COM JESUS CRISTO FILHO DE DEUS AMÉM.....................

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.