terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Não se conforme.

Por Daniel Dourado.

E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento (Romanos 12. 2(.

Estamos vivendo em um tempo muito difícil, a cada dia são colocados mais empecilhos para servirmos a Deus em uma vida plena de consagração. Cada dia que se tem passado e continuamos na presença de Deus é uma verdadeira vitória, pois assim estamos mais próximos do nosso glorioso alvo.

Quando Paulo escreve esse texto para os romanos, ele demonstra a sua preocupação. Paulo, através de uma revelação do Espirito Santo de Deus, escreve esse texto para nos advertir que viriam dias em que tentariam mudar a verdade de Deus com sutilezas. Tentariam fazer com que nós aceitássemos determinadas coisas como se não fossem nada demais, por exemplo: “Pode beber só um pouco de bebida alcoólica, não faz mal” (não vos conformeis). “Não se preocupe em ter uma vida santa, Deus só quer o coração mesmo” (não vos conformeis). “Que isso? você vai à Igreja tantas vezes na semana, um dia só não faz diferença” (não vos conformeis). Esse seria o conselho do apóstolo: Não vos conformeis, não aceite pura e simplesmente aquilo que é imposto, temos que questionar, devemos que demonstrar a nossa verdade, que é segundo Deus e não segundo os homens.

É uma pena que temos visto nos últimos tempos jovens, e ate mesmo evangélicos em geral, que não sabem argumentar o porquê de suas atitudes cristãs. “Estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pedro 3. 15).

A verdade é que o povo de Deus sempre foi colocado à prova em sua fidelidade, santidade, e amor ao Deus vivo. Nos dias de hoje muitas vezes cantamos que queremos ser fiéis, que queremos ser a geração da diferença, etc... Só que muitas vezes as nossas palavras não tem encontrado apoio em nossos atos.

É o momento de tomarmos uma postura em relação ao que queremos para nossas vidas. Quando olhamos a historia de Daniel e de seus três amigos, Hananias, Misael e Azarias, temos um exemplo maravilhoso de pessoas que em um momento difícil resolveram servir a Deus verdadeiramente, mesmo com todos os manjares a sua frente, com toda a oportunidade de se misturarem a um novo mundo, eles declararam a sua verdadeira fé e fidelidade a Deus. Eo mais lindo de tudo isso é que eles foram honrados e recompensados por isso.

Imagino que muitos questionaram esses quatros jovens por que eles não procediam como os demais. Por que ele comiam isolados e não desfrutavam dos manjares reais (que aqui pode simbolizar todo tipo de impureza colocada na nossa frente e que faz com que nos afastamos de Deus, ler Gálatas 5. 20 e 21). A questão é: Depende de nós tomarmos uma iniciativa de nos guardar daquilo que não agrada a Deus, depende de nós não colocarmos coisas más diante dos nossos olhos. Eu falo muito por mim, que a cada dia eu vejo que é necessária uma transformação diária, uma renovação diária, para que nós possamos estar mais próximos de Deus não só em palavras, mas principalmente em atos.

E algo lindo em tudo isso é: Deus honra aqueles que escolhem por ele, por mais que se passa por provas, lutas, dificuldades em geral, Deus dá a vitória aqueles que querem servi-lo e adorarem em Espirito e em verdade. Vejamos o que aconteceu com Daniel e seus amigos:

“Assim o despenseiro tirou-lhes a porção das iguarias, e o vinho de que deviam beber, e lhes dava legumes. Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos. E ao fim dos dias, em que o rei tinha falado que os trouxessem, o chefe dos eunucos os trouxe diante de Nabucodonosor. E o rei falou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; portanto ficaram assistindo diante do rei. E em toda a matéria de sabedoria e de discernimento, sobre o que o rei lhes perguntou, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos astrólogos que havia em todo o seu reino” (Daniel 1. 16 a 20).

Deus vai nos honrar grandemente se o colocarmos em primeiro lugar nas nossas vidas, façamos isso e veremos a Gloria do Senhor em nosso cotidiano.

Na fé e em Cristo.


Daniel Dourado é diácono da Assembleia de Deus em São José do Rio Preto e engenheiro agrônomo.
e-mail: agronomo_dourado@hotmail.com
Facebook


0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.