quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

No Deserto com Deus.

Por Daniel Dourado.

Deserto no dicionário é um lugar desabitado, infrutífero. Na Bíblia, podemos entender o deserto de duas formas: Um período de provação antes de alcançarmos algo que nos foi proposto por Deus. E também podemos entender como deserto, a nossa vida aqui na terra, já que saímos do Egito (mundo) e estamos peregrinando para a nossa terra prometida (a Jerusalém celestial).

O texto de Neemias 9. 9 a 24 relata a caminhada de Israel pelo deserto, nós também podemos ver algumas coisas que Deus tem nos proporcionado na nossa caminhada. O cuidado que Deus teve com Israel, Ele também tem conosco, é aqui que vemos como é atravessar o deserto com Deus, e o que Ele nos proporciona nesse deserto.

1 - No deserto com Deus, nós nunca estamos sozinhos. “E guiaste-os de dia por uma coluna de nuvem, e de noite por uma coluna de fogo” (Neemias 9. 12). “A minha presença ira convosco para vos fazer descansar” (Êxodo 33. 14).

Deus sempre esteve no deserto com seu povo, Ele estava com Davi quando fugia de Saul e com Jose pelo seu deserto. Um deserto que me chama atenção é o de Agar quando saia da presença de Abraão e Sara, o Senhor se manifesta na vida de Agar, ouvindo a voz de Ismael, quando já estava desfalecendo e manda um Anjo.

A - Deus encontra Agar sem esperança: “Que não vejas eu o menino morrer” (Gênesis 21. 6). A Bíblia nos fala em Isaias 49. 15: “Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti”. Não importa o que esteja acontecendo, se você não abandonou ao Senhor, Ele também não te abandonou. Se você vacilou ainda ha tempo de retornar, “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” Isaias 55. 6).

B - Deus a manda se por de pé, “Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão” (Gênesis 21. 8). Por que você tem desistido se Deus não disse que é o fim? Levanta-te pois há algo grandioso para vir sobre a sua vida, não desista pois Deus esta contigo ele assiste a sua luta.

C - Deus confirma as suas promessas a Ismael: “porque dele farei uma grande nação” (Gênesis 21. 18). Os desertos que Deus tem nas nossas vidas são uma escola para que possamos alcançar a plenitude do relacionamento com o Senhor.

D - Deus renova-lhe as esperanças: "E abriu-lhe Deus os olhos, e viu um poço de água; e foi encher o odre de água, e deu de beber ao menino” (Gênesis 21. 19). Você que esta lendo este texto e que tem passado por um deserto tremendo na sua vida, eu acredito que você pode receber um renovo da parte do Senhor, um balsamo do seu Espirito Santo que vai lhe ajudar a alcançar a carreira que lhe foi proposta, e você vai poder cantar o hino da vitória.

2 - No deserto com Deus, Ele nos guia e nos protege, “para lhes iluminar o caminho por onde haviam de ir” (Neemias 9. 12).

Deus conhece nossa estrutura, nomes, necessidades e limites. O Senhor manifesta esse cuidado nas nossas vidas através do Espirito Santo, que nos guia e nos direciona conforme a vontade de Deus para conosco. Um exemplo claro no Novo Testamento é quando Paulo, durante a sua segunda viagem missionaria, queria pregar a palavra de Deus na Ásia, mais especificamente em Éfeso. Porém, o Espirito Santo o impeliu a pregar a palavra na região da Macedônia (Atos 16. 9), alguns anos depois Paulo realiza o seu desejo e começa um grande ministério na cidade de Éfeso pelo qual toda a região da Ásia ouviu a palavra de Deus At 19:10. Vemos a partir desse exemplo o tempo de Deus para aqueles que são guiados por Ele através do seu Espirito Santo, dessa forma eu creio que se há alguma porta fechada hoje, e se isso constitui a vontade de Deus para sua vida. No momento certo vai acontecer, continue fazendo aquilo que Deus colocou diante de ti, e você verá a glória de Deus sendo derramada sobre a sua vida.

Na próxima semana continuaremos a nossa aventura nesse deserto com Deus e veremos ainda como o Senhor nos aproxima dEle, nos sustenta e nos capacita. Veremos como o deserto com Deus é milagroso, e como alcançamos as promessas de Deus.

Na fé e em Cristo.

Daniel Dourado é diácono da Assembleia de Deus em São José do Rio Preto e engenheiro agrônomo.
e-mail: agronomo_dourado@hotmail.com
Facebook


0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.