quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O que fazer diante das decepções?

Por Eli Barbosa.

“Tendo, pois, Maria chegado onde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe : Senhor, se tu estivesse aqui, meu irmão não teria morrido.” (João 11. 32). Quem nunca teve uma decepção? Acredito que você, que está lendo este Bate Papo do Céu lembrou de algumas decepções, com os melhores amigos, parentes, irmãos em Cristo e com outras pessoas. Mas o que é decepção? Decepção é desilusão, engano. Quando você é enganado ou desiludido por qualquer situação que você não esperava, o desespero a tristeza bate no seu coração. A pergunta que vem em primeiro lugar em nossa mente é:

- Como pode acontecer isto comigo?


- Como aquela pessoa pode ter a coragem de tomar esta atitude?

A vida é cheia de decepções. No casamento, na vida profissional, na amizade de muitos anos, naqueles que consideramos irmãos para qualquer situação, em todas as pessoas e nas melhores famílias a decepção pode pregar um susto. Na busca pelo alívio da situação, as pessoas para esquecerem as suas decepções partem para outras atitudes que de ao invés de ajudar trazem outros problemas. Alguém pode ir para a bebida por causa do casamento desfeito, que por muitas das vezes, se você for procurar o que ocasionou a separação, encontraremos problemas fúteis e que poderiam ser resolvidos com facilidade.

O que não dizer de outros decepcionados com a vida que são levados às drogas, para o vício, para as baladas, e até ao suicido! Os consultórios de análise de comportamentos estão cheios de pessoas desorientadas por uma decepção, os divãs estão sendo usados com mais freqüência, os livros de autoajuda estão sumindo das prateleiras e estão sendo lidos por pessoas que perderam os seus sonhos, os seus palácios desmoronaram, são pessoas frustradas e enganadas pelos seus ideais.

SERÁ QUE ENCONTRAMOS PESSOAS DECEPCIONADAS NA BÍBLIA?

No livro de Marcos encontramos um pai decepcionado porque os discípulos não puderam resolver o seu problema (Marcos 9. 17 e 18). “E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo; este, onde quer que o apanhe, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam”. No livro de João encontramos um homem que estava enfermo há trinta e oito anos, e a única maneira que ele conhecia para melhorar a sua vida era mergulhar em um poço chamado Betesda quando o anjo movimentava a água, mas ele era paralítico e não tinha ninguém que poderia ajuda-lo.

“Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres. Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressacados, esperando o movimento da água. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim” (João 5. 2 a 7). Dois tipos de decepção que com certeza muitos estão tendo por ai. Eu não sei o que você está passando, qual decepção você tem experimentado, mas estas duas histórias começaram desta forma, com as decepções, mas elas terminam como a sua história pode terminar também! Existe uma maneira de vencer as decepções!

VENCENDO AS DECEPÇÕES.

Você pode vencer as decepções da vida. O primeiro caso terminou assim:

“E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo; E este, onde quer que o apanhe, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam. E ele, respondendo-lhes, disse: Ó geração incrédula! Até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei ainda? Trazei-lo. E trouxera-lo; e quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência, e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, escumando. E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância e muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos. E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê. E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade. E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele. E ele, clamando, e agitando-o com violência, saiu; e ficou o menino como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto. Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou” (Marcos 9. 17 a 27).

Em primeiro lugar eu gostaria de dizer que se você está decepcionado com qualquer situação, procure ir a alguém que pode resolver o seu problema e curar esta ferida que foi feita na sua alma. Não confie em homens! Não confie na força do poder humano! Só Jesus pode passar um balsamo nesta situação em que você vive.

Jesus sempre terá uma palavra de conforto, carinho e de encorajamento para você: O primeiro passo para vencer as decepções é ir a Jesus. Pois ele é o caminho para Deus, o intermediário entre Deus e os homens, Ele é a verdade que você precisa e a Vida, uma vida abundante e não angustiada. E a primeira palavra que Jesus deu a este homem foi: “E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê”. Você crê que Jesus pode resolver os seus problemas e curar a ferida da decepção? Se você crer, você verá o que Deus pode fazer por você! Crer é ter fé! Porque eu preciso ter fé? “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11. 6).

Não podemos agradar a Deus sem a Fé. Deus toma as atitudes necessárias quando acreditamos no seu agir, no seu trabalhar. Se você não tem fé ou está em uma situação que até a Fé tem sido difícil em sua vida, faça como o pai deste menino! Peça a Deus para ajudar em sua incredulidade! “Logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade”. Quem sabe as lágrimas estão deixando os seus olhos espirituais embaçados e por isso a fé não está brotando no seu coração, pois se você está com os olhos da alma embaçados, você não vai conseguir ler a palavra de Deus. Quem sabe as decepções da vida deixaram os seus ouvidos espirituais tampados e você não consegue ouvir a voz de Deus!

A única maneira de acrescentar a nossa fé ou buscar mais fé é lendo ou ouvindo a Palavra de Deus! “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10. 17). E se faz algum tempo que você não ouve a palavra de Deus, eu quero colocar aqui o que ela diz para você neste momento: Você não foi o único que se decepcionou com os amigos mais chegados, Jô também passou por isso . Os homens podem desamparar  você, Jó  passou por isso, veja o seu desabafo: “Pôs longe de mim a meus irmãos, e os que me conhecem, como estranhos se apartaram de mim. Os meus parentes me deixaram, e os meus conhecidos se esqueceram de mim. Os meus domésticos e as minhas servas me reputaram como um estranho, e vim a ser um estrangeiro aos seus olhos. Chamei a meu criado, e ele não me respondeu; cheguei a suplicar-lhe com a minha própria boca” (Jó 19. 13 a 19).

Quer maior decepção que um amigo mais chegado ou um parente deixar você na hora mais difícil da sua vida? Mesmo que isto aconteça, Deus não irá te desamparar. Deus ainda tem palavras de animo para sua vida! “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos” (2 Coríntios 4. 87 e 9).

Se for possível, tome algumas decisões neste momento :

Fale com Deus em nome de Jesus.

Conte o seu problema ou decepção como você contaria a um amigo. Abra o seu coração.

Diga o que você gostaria que fosse feito, mas peça que a decisão sempre esteja debaixo da vontade soberana de Deus.

Tenha fé que Deus vai cuidar dos seus problemas e decepções.

Depois descanse no Senhor. Jesus te ama e não vai de desamparar! Lembre-se sempre que Ele é um amigo mais chegado que um irmão.
Deus te abençoe.

Presbítero Eli Barbosa
Assembleia de Deus de Vilhena RO
e-mail: elicassilandia@hotmail.com
Facebook


3 comentários:

Anônimo disse...

AMÉM...!!! Que o Espírito Santo continue nos consolando e usando as pessoas cada dia mais. Eli, que Deus continue te abençoando e te usando como instrumento em tuas mãos.

lu disse...

na verdade, o unico que não nos decepciona e só jesus!!!

Anônimo disse...

Com certeza todos nós sabemos que só o senhor jesus é o único que não nus decepciona, mas temos a mania de esperar o melhor do ser humano mesmo sabendo que a decepção virar. E quando chega nus perguntamos porque! eu respondo porque temos o abito de não pedimos a direção de Deus ai quando nus decepcionamos é que pedimos socorro do alto...A nossa sorte é que nosso amado mestre nunca nus deixa sem resposta e sempre nus consola dando novas oportunidades basta cremos nele .O segredo: fé,paciência e sinceridade.Não podemos deixar a ansiedade nus controlar pois não é de DEUS o segredo é confiar só no pai que esta no céu pois não a melhor remédio para qual quer decepção fiquei com DEUS e continue com este trabalho maravilhoso...e horem por mim para que o senhor jesus mim de força para que eu não perca minha fé e que eu saia dessa tribulação que estou passando em nome de jesus amém.....

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.