terça-feira, 17 de janeiro de 2012

O socorro na hora da angústia.

Por Daniel Dourado.

Angustia segundo o dicionário é uma sensação psicológica causada pela insegurança, falta de humor, ressentimento, dor, etc.

Em toda a nossa historia de vida aqui nessa terra somos vulneráveis a momentos como esse que é descrito pelo Salmista no Salmo 116. 3:  “Encontrei aperto e tristeza”. São situações que podem ter sua origem em diversos motivos, pode ser um casamento abalado, seja a falta de algo que realmente nos seja insubstituível, um sentimento de discriminação, uma perca, um trauma, etc...

Mas, temos que ter em mente que esses momentos foram colocados em nossas vidas para que possamos passar por eles e reconhecer a mão de Deus em nosso dia a dia. Mas como vencermos estes momentos angustiantes?

1 – Desabafar, falar, conversar, orar a Deus, expor as nossas necessidades ao Senhor, as nossas angustias, aquilo que realmente nos aflige a alma.

É interessante como conseguimos expor e choramingar para todas as pessoas, pessoas que muitas vezes nem conhecemos, mas não falamos com Deus Dizemos que o Senhor conhece pelo que nós temos passado, sim é verdade, Ele conhece, mas Ele quer ouvir de sua boca, exemplo: Elias quando fugia da presença de Jezabel, Deus pergunta para Ele em 1 Reis 19. 13 “Que fazes aqui, Elias?”. Foi nesse momento que Elias começou a falar o quão zeloso havia sido da lei do Senhor e como o povo havia se desviado e como ele se sentia sozinho naquele momento. Da mesma forma quando olhamos a historia de Ana, Deus não sabia que ela queria ser mãe? Sim sabia, mas foi necessário que ela agisse como diz em 1 Samuel 1. 15 “porém tenho derramado a minha alma perante o SENHOR”.

Deus não só quer saber pelo que temos passado como reage quando nós expomos a Ele aquilo que tem nos afligido, vejamos agora como Deus responde quando colocamos diante dEle as nossas aflições:
Deus nos alivia: depois de ter “derramado sua alma ao Senhor” a Bíblia diz em 1 Samuel 1. 18 “Assim a mulher foi o seu caminho, e comeu, e o seu semblante já não era triste”. Quando falamos com Deus a nossa fé é renovada, nós sentimos a presença do Espirito Santo que ha em nós e nos enchemos de força.
Deus inclina o seu ouvido Ou seja, nos escuta e nos atende conforme as nossas reais necessidades; quando Elias fugia de Jezabel ele pediu em seu animo a morte (1 Reis 19. 4), mas Deus não atende conforme o seu pedido e sim conforme aquilo que era melhor para Elias, Deus diz em 1 Reis 19. 7: “levanta-se e come, porque mui comprido será o seu caminho”. Deus estava dizendo: este não é o teu fim, eu ainda tenho projeto e proposito para sua vida, ainda não é a hora de parar, continue. Isso é o que o Senhor nos diz agora, continue, não é o fim, não temas porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha mão.
Deus nos conforta: Ele diz, ei Elias eis que eu fiz ficar sete mil que não dobraram o joelho a Baal, Elias você não está sozinho, tem pessoas passando pelo mesmo problema que você. Existem pessoas que têm experiências e já passaram pelo que você esta passando. Meu querido, Deus sempre vai coloca em nossas vidas pessoas capazes de nos dar um conselho, de nos orientar, creia nisso, você é o templo do Espirito Santo de Deus, Ele ira te consolar até mesmo no momento em que você acreditar que este sozinho e que é o fim.

2 – Outra forma de vencermos momentos angustiantes é olhando para Deus, Salmo 116. 4: “Então invoquei o nome do Senhor”.
Quando olhamos somente pra Deus, estamos dependendo somente dEle, como aconteceu com Calebe e Josué, enquanto os demais expias amaldiçoavam a terra pela qual haviam passado, eles encorajavam o povo a crer que se olhassem somente para Deus, eles venceriam os gigantes e dominariam a terra prometida.

3 – Não importa o que aconteça continue a caminhar, Miquéias 2. 10: “Levantai-vos, e andai, pois este não é o vosso lugar de descanso”. E ainda o Salmo 138. 7: “Andando eu no meio da angústia, tu me reviverás”. Quando caminhamos, independente da dificuldade pela qual temos passado, Deus abre caminho. Foi assim com o povo de Israel quando se encontrava cercado no deserto, entre o mar e faraó, mas a ordem de Deus foi explicita: “diz ao povo de Israel que marchem”. Assim Deus fala conosco, marche! Não importa se o mar está fechado, ou se você esta cercado, se o Senhor é contigo, o mar vai se abrir, a benção vai chegar, aquilo que mas te incomoda, que mas te chateia, aquela indisposição, tudo isso vai ficar para trás em nome de Jesus, pois o Senhor cumprira o milagre nas nossas vidas.

Na fé e em Cristo...

Daniel Dourado é diácono da Assembleia de Deus em São José do Rio Preto e engenheiro agrônomo.
e-mail: agronomo_dourado@hotmail.com
Facebook


1 comentários:

Anônimo disse...

Fui muito abençoada por esta mensagem...
Excelente!!!! =D

Na fé e em Cristo!!!

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.