segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Um cenário sem vida.

Por Stephanie Lima.

Neste domingo que passou, no primeiro culto do Ano da SEMEADTA, Secretaria de Missões e Evangelismo da Assembleia de Deus em Tomé-Açu, tivemos a oportunidade de meditarmos na historia da Viúva de Naim. O pregador nos levou a meditar nesta passagem onde Jesus ressuscitou o Filho daquela senhora. Eu tenho certeza de que muitos de nós já estudamos ou lemos essa passagem, e que já sabemos o final: Jesus Ressuscitou o Filho da Viúva. Agora imaginem a situação daquela mulher, ela vivenciou tudo, e não sabia que seu filho ia ressuscitar.


O Cenário era:

Uma mulher chorando: Sem esperanças, sem alegria e com a morte sondando a sua vida.

Um defunto: Morto fisicamente e espiritualmente. Morto!

Uma Multidão: Pessoas observando, criticando, chorando, consolando.

E a Bíblia, nos relata em Lucas capitulo 7 a partir do versículo 11, que Jesus chegou à porta da Cidade e deparou-se com esse cenário, um cenário sem vida.

Talvez você Seja Essa Senhora que chora, já sem esperança.

Talvez o defunto Seja o Seu sonho Missionário, aquela vontade de servir a Deus com sinceridade, aquela vontade de cumprir o Ide de Cristo, aquela vontade de trabalhar na casa do Senhor, de pregar, de cantar... Enfim vários são os defuntos.

Talvez a multidão seja formada por pessoas que te criticam ou que não acreditam em você, e também no meio dessa multidão existem pessoas que te ajudam, trazendo palavras de conforto e esperança.

Mas a historia não acabou ali...

Aquele cenário podia mudar, mas aquela mulher não tinha como saber, você sabe, mas a mulher que chorava não sabia de nada, a única certeza que ela tem é que ela vai enterrar seu filho. Mas de repente, chega Jesus.

Jesus: Solução para o Problema, O Caminho, A Esperança, A Vida...

Jesus chegou! Será que a Multidão conhecia Jesus.

Ei alguém pode avisar pra aquela Senhora que Jesus Chegou.

Não ninguém avisou!

Então a história acaba por aqui... Não!

Aquela Senhora chorava, e aquele choro chamou a atenção de Jesus, Ele se compadeceu dela. E Jesus chegou para ela e disse: Não chores!

Aquela mulher estava sofrendo uma grande perda e alguém chega pra ela e diz: Não chore, com apenas um detalhe esse alguém era Jesus.

Obs: Querido (a), talvez alguém, no meio dessa multidão tenha tendado ou até conseguido matar teus sonhos, e você chora, sente falta do seu desejo missionário, sente falta da vontade que antes havia em você, de servir a Deus, de estar na casa do Senhor. Mas eu venho lhe informa que Jesus está chegando nesse cenário, chame a atenção dele com seu choro, com um coração sincero.

Continuando Jesus disse para o defunto: Jovem eu lhe digo, levante-se! E na mesma hora o menino ressuscitou. O Menino Ressuscitou! Gloria Deus! E aquele cenário viveu o maior espetáculo do mundo.

Minha Palavra a você:

Talvez existam pessoas que não acreditam em você, quem sabe você perdeu seus sonhos, você se encontra sem esperança, sem fé. Digo a você, Deus sempre tem o melhor. Aquela viúva já não tinha perdido seu esposo, agora o filho, uma multidão de gente ao seu redor, mas só ela sabia o que ela vivia e o que lhe esperava. Não sei como anda seu cenário. Mas que tal chamar Jesus pra ser o protagonista?

Jesus quer fazer esse sonho ressuscitar, e quer fazer essa multidão glorificar a Deus vendo você semeando o Evangelho de Deus na sua vida e na vida dos seus próximos.

Com Amor,

Em Cristo Jesus,

Stephanie Lima.

Stephanie Lima é locutora, trabalho com o Ministério Infantil Pastoreando Ovelhinhas, e congrega na Assembleia de Deus de Tomé-Açú PA.
 Blog: http://tiakatiesol1.blogspot.com/
Twiter: @Stephanielima74
E-mail: stephanielima73@yahoo.com.br 
Facebook
Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16223053156201397484


4 comentários:

tiago amaral disse...

legal bacana

tiago amaral disse...

legal bacana

Miriam Machado disse...

Feliz ppr ver esta obra de pé.

Miriam Machado disse...

Feliz ppr ver esta obra de pé.

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.