quarta-feira, 4 de julho de 2012

A Tua Palavra... Citações do livro de Salmos #4


Por Alexfábio Custódio.

Confiança para momentos injustos.

“Em Deus, cuja palavra eu louvo, no SENHOR, cuja palavra eu louvo, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei. Que me pode fazer o homem?” (Salmo 56. 10 e 11)

Davi compôs esse salmo durante dias de angústias e perseguições. O rei que ele amava como a um pai havia colocado a sua cabeça á prêmio. A recompensa por sua captura lhe tornou um alvo da ganância de vários homens. Sem falar dos estrangeiros desejosos de vingança devido à sua grande habilidade bélica.


Ele estava cercado de inimigos! Falsas testemunhas espalhavam boatos inverídicos, buscando derrubar a reputação de Davi entre o povo israelita. Laços de morte eram armados, buscando enganar traiçoeiramente o ungido de Deus.

A peregrinação do salmista por terras estrangeiras foi regada por muitas lágrimas. Acusado de crimes que não cometeu, caçado por mercenários gananciosos, e obrigado a viver desconfiando de cada abraço que recebia.

Somente aqueles que viveram a dor de ser traído ou difamado entendem o que Davi sentiu. Ele expressa o tamanho de sua agonia nesse salmo (56. 8). No entanto, em meio a tanta angústia e perseguição, o pastor de Belém encontrou um motivo para adorar a Deus: A supremacia da justiça divina!

Davi sabia que era inocente diante dos olhos de Deus. Por mais que a circunstância fosse pavorosa, a sua confiança estava no Deus de sua vocação (Salmo 56. 3). Mesmo cercado de inimigos, o seu olhar estava no céu (Salmo 121 e Salmo 91).

Tendo em vista a experiência vivida pelo salmista, afirmo com lágrimas nos olhos que vivemos dias em que “os fins justificam os meios”. A cultura da “malandragem” e do “jeitinho” é exaltada ao status de “sabedoria”. Fico abismado ao ver os expectadores chamarem participantes de reality shows, que mentem e manipulam as pessoas durante o “jogo”, de grandes estrategistas!

A busca exagerada por fama, dinheiro e poder leva as pessoas a desenvolverem táticas traiçoeiras de “subir na vida”. O desejo por prazeres proibidos produzem grandes “teias” de mentiras. A inversão de valores anda tão descarada que, condutas baseadas em honestidade e verdade são consideradas estranhas ou hipócritas.

É nesse cenário bizarro que eu e você estamos inseridos. E se você é um cristão compromissado com a palavra de Deus, sabe exatamente o que é ser perseguido e humilhado por amor a Deus.

O cristão deve viver conforme o padrão moral contido nas escrituras, e nem sempre isso é fácil. Não subornamos, não aceitamos lucro ilícito, não mentimos para encobrir traições, e isso nos torna uma peça fora do jogo!

Veja que eu nem cheguei a mencionar perseguição puramente religiosa. No entanto, ela existe. Menos rigorosa em lugares como o nosso Brasil, e mortal em outras partes do mundo.

Traições doem? Sim, parece que arranca pedaços do coração.

Mentiras, calúnias e difamações são injustas? Com certeza, artifícios de pura covardia.

Há algum conselho bíblico para mim, que estou sendo perseguido, humilhado ou injuriado por causa de minha confissão de fé? Claro que há: EXULTAI E ALEGRAI-VOS!

A certeza da presença de Deus na vida de Davi lhe proporcionava a confiança necessária para seguir em frente.  Muitos dos heróis da bíblia sagrada viveram sobre adversidades extremas, o que não impediu que Deus fosse exaltado em suas vidas!

Exalte a palavra de Deus, nela encontramos confiança nas horas de perseguição. Adore ao Senhor nesses momentos, eles são oportunidades únicas de Deus se revelar ao mundo através de sua vida.

“Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus; bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós” (Mateus 5. 10 a 12).

Nos ajude com o seu comentário. Entre em contato conosco:
 


1 comentários:

Márcia disse...

Caro Alex Fábio que blog maravilhoso! Divulgar a Palavra de Deus é uma honra e um privilégio.Muito obrigada por partilhar conosco seu trabalho. Um grande abraço e que Deus o abençoe sempre!

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.