quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Sementes em boa terra.


Por Janaina Garcia.

"Uma grande multidão, vinda de várias cidades, veio ver Jesus. Quando todos estavam reunidos, ele contou esta parábola: Certo homem saiu para semear. E, quando estava espalhando as sementes, algumas caíram na beira do caminho, onde foram pisadas pelas pessoas e comidas pelos passarinhos. Outras sementes caíram num lugar onde havia muitas pedras, e, quando começaram a brotar, as plantas secaram porque não havia umidade. Outra parte caiu no meio de espinhos, que cresceram junto com as plantas e as sufocaram. Mas algumas sementes caíram em terra boa. As plantas cresceram e produziram cem grãos para cada semente. E Jesus terminou, dizendo: – Quem quiser ouvir, que ouça! Os discípulos de Jesus perguntaram o que ele queria dizer com essa parábola. Jesus respondeu: – A vocês Deus mostra os segredos do seu Reino. Mas aos outros tudo é ensinado por meio de parábolas, para que olhem e não enxerguem nada e para que escutem e não entendam. – O que essa parábola quer dizer é o seguinte: a semente é a mensagem de Deus. As sementes que caíram na beira do caminho são as pessoas que ouvem a mensagem. Porém o Diabo chega e tira a mensagem do coração delas para que não creiam e não sejam salvas. As sementes que caíram onde havia muitas pedras são as pessoas que ouvem a mensagem e a recebem com muita alegria. Elas não têm raízes e por isso crêem somente por algum tempo; e, quando chega a tentação, abandonam tudo. As sementes que caíram no meio dos espinhos são as pessoas que ouvem a mensagem. Porém as preocupações, as riquezas e os prazeres desta vida aumentam e sufocam essas pessoas. Por isso os frutos que elas produzem nunca amadurecem. E as sementes que caíram em terra boa são aquelas pessoas que ouvem e guardam a mensagem no seu coração bom e obediente; e, porque são fiéis, produzem frutos" (Lucas 8. 4 a 15).           

Jesus ensinava a maior parte da sua doutrina por parábolas, para não enfurecer os fariseus, escribas, e sacerdotes. E através desta forma de se comunicar, todos os seus seguidores e pessoas que escutavam a sua mensagem conseguiam entender a palavra do Senhor.


Esta parábola relata muito bem a situação atual da Igreja de Cristo aqui na terra, existem pessoas que estão sendo igual a essas sementinhas, muitas estão à mercê do inimigo e deixam que a palavra de Deus se apague de vossos corações e assim elas mesmas não conseguem crer e não são salvas. Outras estão sendo como aquela sementinha que caiu sobre as pedras, elas recebem a palavra de Deus com alegria, porém não tem raízes para manter essa alegria e acabam se deixando esquecer.

Porém, teve aquela sementinha que produziu muitos frutos, e continuou com perseverança, e é assim que o nosso Senhor quer que todos nós sejamos. Sementinhas perseverantes, que produzam muitos frutos na casa do Senhor e aonde quer que formos, pois também está escrito que devemos ser como o sal da terra e a luz deste mundo (Mateus 5:13-15).

Talvez o que falta para que nós consigamos alcançar nossos sonhos e objetivos, seja apenas um pouco mais de perseverança. Às vezes pensamos em desistir de tudo, jogar tudo para o alto, e muitas vezes estamos quase chegando! É isso que Jesus quis dizer, que nós como ouvintes da palavra de

Deus não desistamos em segui-lo verdadeiramente, pois para o nosso Deus nada é impossível! Se estiver difícil a caminhada, ore um pouco mais, jejue um pouco mais, busque a resposta que você precisa a Deus, e creia Deus não rejeita nossa oração, fale com o pai, e ele te responderá.   



Janaina Garcia é membro da Assembleia de Deus de Cassilândia MS e acadêmica de Ciências Contábeis pela FIC/FAVA

Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante para a gente.
Comente, critique, deixe a sua dica para que o Sementes do Evangelho seja um blog relevante.